The Silmarillion, Ciclo de Óperas

Fëanor, Beren And Lúthien, The Children Of Húrin e The Fall Of Gondolin e The War Of Wrath são as óperas do ciclo The Silmarillion que resultam de um colossal trabalho passional, todas recorrendo a textos directamente extraídos da escrita de Tolkien (com permissão total do Tolkien Estate).

O Paul Corfield Godfrey Music Trust, a Volante Opera Productions e a Prima Facie Records orgulham-se de apresentar as suas gravações das adaptações musicais de Paul Corfield Godfrey baseadas em “The Silmarillion”, de J.R.R. Tolkien: Fëanor, Beren and Lúthien, The Children of Húrin e The Fall of Gondolin.

O press release detalha que a composição destas obras começou nos anos 80, com a permissão do Tolkien Estate e a assistência de Christopher e Priscilla Tolkien. Nos últimos seis anos, a Volante Opera Productions tem trabalhado arduamente na produção destas gravações, de modo que, pela primeira vez desde o seu início, estes contos da Primeira Idade da Terra Média estão disponíveis para que o mundo os ouça. Com o lançamento de 2022 de Fëanor em CD duplo e download digital, a gravação do ciclo de obras, tal como originalmente previsto, está completa.

As nove horas que constituem o ciclo formam a maior obra de música clássica escrita no País de Gales no século XX e são interpretadas por cantores da Welsh National Opera juntamente com uma orquestra samplada (não sintetizada). Os folhetos que acompanham cada um dos quatro álbuns duplos contêm explicações detalhadas sobre a forma como a gravação foi feita, bem como listas de faixas, sinopses e um ensaio sobre cada uma das partes relevantes por parte do compositor.

Durante o período 1982-97, o compositor galês Paul Corfield Godfrey produziu uma série de ‘cenas épicas’ extraídas dos escritos póstumos de J R R Tolkien para The Silmarillion, empregando uma grande variedade de textos publicados postumamente pelo autor com a permissão do Tolkien Estate. O ciclo é a maior obra de música clássica escrita no País de Gales no século XX, exigindo uma lista completa de cantores a solo, coro e uma orquestra de cerca de oitenta músicos, mas que até aqui só fora executada em excertos. A gravação dos trabalhos completos iniciou com The Fall Of Gondolin.

Devido a restrições orçamentais e outras, a orquestra é representada por conjuntos de samples (utilizando os sons de instrumentos reais) que foram cuidadosamente equilibrados e ajustados em colaboração com o compositor para obter um resultado tão próximo quanto possível do som de uma orquestra real. Certamente estarão a interrogar-se sobre o quão bem isto funciona, mas ainda que falte algum ‘tamanho’ ao som, não há motivos maiores de apreensão; funciona tudo muito bem e é a única forma de um tal projecto poder ter sido realizado. De resto, a música é frequentemente assombrosamente bela.

O folheto com o conjunto de Beren And Lúthien (a segunda ópera a ser concluída) explica os métodos de produção em maior detalhe, e inclui também um ensaio do compositor sobre a forma como o texto do autor foi adaptado para música. Para dar corpo a cada movimento essencial da história, Godfrey fez um uso eclético de uma variedade de textos relativos ao conto, tal como o Silmarillion publicado foi sintetizado por Christopher Tolkien a partir dos diferentes manuscritos à sua disposição.

The Children Of Húrin foi a primeira parte do ciclo a ser composta, logo em 1982 e estabeleceu, desde logo, a colaboração com o Tolkien Estate e a assistência do falecido Christopher Tolkien – uma das pessoas a quem esta obra é dedicada. A conclusão das primeiras quatro óperas teve lugar em 1996, com Fëanor. Para além da escala da obra, as cenas épicas de “The Silmarillion” são também únicas, na medida em que (ao contrário de quase toda a música inspirada por Tolkien disponível) os textos são extraídos inteiramente das palavras do próprio Tolkien, com o acordo e a permissão do Tolkien Estate. Isto torna certamente a partitura o cenário vocal mais substancial de qualquer material de adaptação de Tolkien existente. Depois destas quatro óperas foi concluída e acrescentada uma quinta (e última) peça ao ciclo: The War Of Wrath. Esta obra leva os contos da Primeira Idade a uma conclusão épica. Esta está actualmente em processo de gravação e deverá ser lançada em meados de 2023.

Quanto às óperas já editadas, conjuntos de CD duplos, partituras instrumentais e vocais completas também estão disponíveis para compra, além dos textos completos (incluindo, quando relevantes, traduções do élfico), análise musical e um guia estão todos disponíveis em www.paulcorfieldgodfrey.co.uk.

Conjuntos de CD duplos e downloads digitais estão disponíveis através de todos os canais habituais. Cópias assinadas e mais informações podem também ser encontradas em www.volanteopera.wales.

Leave a Reply